Documentos: Perdeu na folia? Saiba como evitar fraudes

Um levantamento feito pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) já mostrou que um em cada cinco consumidores costumam ser vítimas de fraudes ou transtornos durante carnaval através de documentos perdidos ou roubados.

Para evitar esse risco, é importante o cidadão informar ao mercado sobre o roubo ou o furto de seus documentos. Assim, alerta os lojistas para transações irregulares que golpistas possam vir a fazer em seu nome. Para isso, empresas de informações de crédito podem ajudar.

O SPC Brasil, por exemplo, oferece gratuitamente o serviço “SPC Alerta de Documentos”. Em caso de perda, roubo, furto ou extravio de documentos pessoais, como CPF, CNPJ, certidão de nascimento, passaporte, cheques e cartões de crédito, o consumidor pode comparecer, pessoalmente, a um balcão de atendimento do SPC Brasil, com o boletim de ocorrência em mãos.

Com isso, o risco de fraudes é reduzido. Assim, os estabelecimentos comerciais são informados do problema. Dessa forma, evitando os transtornos decorrentes de ter os dados pessoais utilizados por golpistas nas compras a prazo.

O SPC Brasil também liberou por 30 dias grátis o “SPC Avisa”. Ele faz o monitoramento de CPFs para evitar fraudes. Com o serviço, o consumidor é avisado por e-mail, em até 24 horas, sobre qualquer movimentação suspeita utilizando seu documento, como consulta para a realização de compras a prazo, verificação de nome restrito, inclusão de registros de inadimplência e alteração de dados cadastrais, entre outros serviços.

Para consultar o posto de atendimento do SPC Brasil mais próximo da residência, o consumidor deve acessar o site.

Deixe uma resposta