Cidadania

Festa do Tomate 2017 é alvo de reclamações

Kaio Serra
Escrito por Kaio Serra em 2 de julho de 2017
Festa do Tomate 2017 é alvo de reclamações

Banheiros extremamente sujos, fios elétricos expostos, atrasos absurdos e preços abusivos. A Festa do Tomate 2017 de Paty do Alferes que aconteceu entre os dias 14 e 18 de julho de 2027 foi marcada pela má gestão.

Os problemas já estavam na entrada. A principal passagem de carros e pedestres era uma ponte em péssimo estado de conservação. A estrutura de concreto tinha peças de ferro enferrujado expostos, além de rachaduras e partes quebradas. Logo abaixo, um rio poluído, repleto de mosquitos, além do péssimo cheiro.

Sujeira e valor abusivo se destacaram na Festa do Tomate 2017

Dentro da festa, ainda mais problemas. O estado dos banheiros era precário. Dejetos e excrementos se espalhavam pelo chão. As latrinas mais pareciam fossas sanitárias. Ao lado de fora, o absurdo preço dos alimentos e bebidas. Uma simples lata de refrigerante era vendida à R$15,00. O local para alimentação era dividido com animais e os cachorros circulavam livremente pela área de alimentação.

Além da má qualidade dos alimentos e o péssimo estado de higiene, o local não contava com banda larga. Sendo assim, as barraquinhas aceitavam apenas pagamento em dinheiro. Um fato curioso é que a agência bancária mais próxima ficava à 40km de distância do local do evento.

Se isso já fosse o bastante, o atraso de cerca de 2 horas para o início dos shows tirou a pouca paciência que já restava dos visitantes. Uma grande novidade da Festa do Tomate 2017 eram os dois palcos interligados. No entanto, toda a fiação que fazia essa interligação estava exposta. Até mesmo um drone do evento se chocou contra os fios, assustando os visitantes.

As quase 20 mil pessoas que estavam presentes, após pagar um ingresso caro, foram desrespeitadas pelos organizadores, que simplesmente falharam no planejamento.

 

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem Somos

“Nosso foco é informar com senso crítico tudo o que existe de mais importante na área da segurança, saúde, emprego e do ir e vir do cidadão brasileiro.”