Cidadania

Fome no Brasil é um fantasma que não para de crescer na pandemia

Bruno Albuquerque
Escrito por Bruno Albuquerque em 1 de abril de 2021
Fome no Brasil é um fantasma que não para de crescer na pandemia

A fome é um fantasma que sempre assombrou o Brasil e, com isolamento social em decorrência a pandemia de Covid-19, cada vez mais pessoas sofrem com ela. Os números da fome no Brasil estavam na descendente há cerca de 5 anos, contudo nos últimos tempos eles só crescem. Segundo dados do IBGE divulgados em 2020, as pessoas em pobreza extremas e sem condições de uma alimentação básica chegam ao número de 10 milhões.

O isolamento social contribuiu para o enfraquecimento da economia, principalmente da população mais pobre que sofre com o desemprego e alta dos preços dos alimentos. O desemprego registrado foi maior no primeiro trimestre desde 2012,com a taxa de 14,2%. Similarmente relevante é o fato de que em um ano, os alimentos em geral sofreram com aumentos de 15% nos preços, segundo registros do IBGE.

Com a nova rodada do auxílio emergencial aprovada na câmara, existe uma chance para que os mais vulneráveis sejam assistidos. Entretanto, o valor será em média R$250, é considerado pouco ao se levar em consideração o preço da cesta básica que é em média R$400. Além disso, os especialistas criticam a possibilidade de apenas os que receberam no ano passado, recebam em 2021. Eles afirmam que muitos ficaram desempregados nesse ano e atualmente estão sem nenhuma renda.

ONGs ganham protagonismo no combate à fome

No momento de pandemia em que vivemos, as ONGs ganharam uma forte presença na batalha contra a fome nas favelas e periferias. Antes da pandemia, as doações feitas pelas ONGs, já eram escassas mas supriam com dificuldades a população. O fato delas penetrarem em comunidades sem ajuda estatal, é essencial. O instituto Brasil 200 trabalha com a doação de cestas básicas em São Paulo desde antes da pandemia. Segundo Cezar Snyper, presidente do Brasil 200, em todas as comunidades de São Paulo existe falta de recursos básicos.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem Somos

“Nosso foco é informar com senso crítico tudo o que existe de mais importante na área da segurança, saúde, emprego e do ir e vir do cidadão brasileiro.”