Maior livraria flutuante do mundo está no Rio de Janeiro

O navio intitulado Logos Hope, conhecido como a maior livraria flutuante do mundo, está ancorado no Píer da Praça Mauá desde o dia 18 de setembro. O navio transporta mais de 500 mil volumes e colocará a venda, no Rio de Janeiro, mais de 5 mil livros diferentes. A embarcação ficará em terras cariocas até o dia 6 de outubro.

A embarcação Logos Hope pesa 12 toneladas, tem 21 metros de largura, 132 metros de comprimento e já passou por 150 países em quatro continentes. A maior livraria flutuante do mundo abriga um teatro com 350 lugares e reúne cerca de 400 pessoas de 60 nacionalidades diferentes para trabalharem embarcadas. A saber, nenhuma delas recebe salário e todas custeiam com dinheiro próprio as viagens com duração máxima de dois anos.

O navio pertence à organização internacional cristã Good Books for All Ships (GBA Ships), sediada na Alemanha. Assim sendo, o Logos Hope percorre o mundo oferecendo aos visitantes cinco mil títulos em inglês e português, no total de 800 mil livros. Os títulos estão divididos entre literatura infantil, culinária, ciência, hobbies, autoajuda, liderança, dicionários, literatura cristã, entre outros segmentos literários. Do mesmo modo, há alguns títulos também em espanhol.

A diversidade de livros para crianças me impressionou. Eu tenho sobrinhos e eles amam ler. Estou feliz de ter a oportunidade de comprar alguns exemplares para eles” disse uma visitante que não quis se identificar. Já outra visitante não ficou satisfeita com as obras oferecidas e desabafou: “Eu achei que os livros estão muito didáticos para as crianças, no sentido de não ter nenhum que seja ‘animado’. O que prende a leitura de uma criança não é uma página cheia de texto e sim uma página com imagens, coloridas e animadas“.

Experiências dos tripulantes e visitantes

A saber, os tripulantes do navio, quando estão em visitação pelas cidades, oferecem ajuda a organizações locais que desenvolvem projetos em comunidades carentes. Além disso, dentro do navio, há a possibilidade dos visitantes conversarem com os tripulantes, experimentar a diversidade de culturas, participar de espetáculos teatrais, conferências e eventos multiculturais no teatro a bordo e ainda conhecer o International Café, espaço de lazer e alimentação.

Aqui no navio, convivemos com diversas pessoas de diversas nacionalidades. Poder compartilhar com os visitantes, tanto em português quanto em outra língua, as nossas experiências e histórias é o maior prazer de toda jornada” declarou Rubem Batista, tripulante do navio. Por outro lado, um visitante que conversou com um tripulante americano relatou: “Eu faço curso de inglês e nunca tinha conversado com um nativo. Foi muito bom poder conhecer um pouco da vida dele a bordo e praticar um pouco do meu inglês. Particularmente, amei o ‘Cantinho do Inglês“.

Curiosidades sobre a maior livraria flutuante do mundo

  • Durante os últimos 47 anos, os Navios da GBA já receberam mais de 47 milhões de visitantes em mais de 160 países e territórios em todo o mundo;
  • Dentro do navio funciona uma escola com 28 alunos de idades até 12 anos. A instituição oferece aulas em inglês para as crianças e os próprios voluntários, que trabalham no navio, são os professores;
  • Os itens oferecidos têm preços entre R$ 10 e R$ 30, uma vez que foram comprados pela Good Books for All (GBA) por valores abaixo da média de mercado, com editoras do país;
  • A última vez que um dos navios livrarias esteve no Brasil foi há 28 anos;

Informações sobre a passagem do Logos Hope pelo RJ

Além de vender livros, o Logos Hope fornece uma programação cultural composta de exposições, peças teatrais e outras atrações. Os bilhetes para visitação do navio estão sendo vendidos por R$ 5. O espaço funciona de 10h às 20h de terça à quinta, 10h e 21h aos sábados e de 14h às 20h aos domingos no Píer da Praça Mauá. Maiores de 65 anos e menores de 12 acompanhados de adultos não pagam.

Posteriormente, o Logos Hope visitará Vitória (9 a 22 de outubro), Salvador (24 de outubro a 12 de novembro) e Belém (18 de novembro a 6 de dezembro). Logo em seguida retornará ao Caribe, onde ficou durante 12 meses, em 2017. De lá, rumará para a Europa.

Deixe uma resposta