Patrocinador de Corinthians, Flamengo e Atlético-MG é preso

O Patrocinador de Flamengo, Corinthians e Atlético-MG, José Fernando Pinto, dono da Universidade Brasil, foi preso de forma preventiva na última terça-feira (03). José Fernando Pinto foi alvo da Operação Vagatomia, realizada pela Polícia Federal (PF).

O dono da Universidade Brasil é um dos acusados de prática de esquema de irregularidades no curso de Medicina. Este, oferecido pela instituição no município de Fernandópolis, no interior de São Paulo. As investigações apontam suspeitas sobre os benefícios do Financiamento Estudantil do Governo Federal (FIES). Além disso, também é investigada a existência de venda de vagas e transferências de alunos do exterior para a Universidade do Brasil.

Patrocinador do Flamengo, Corinthians e Atlético-MG teria embolsado quase meio bilhão de reais em fraudes

De acordo com as estimativas da PF, nos últimos cinco anos, cerca de R$ 500 milhões teriam sido concedidos por meio do FIES e do Prouni. Entretanto, as concessões ocorreram de maneira fraudulenta para a instituição de ensino.

Além disso, na mesma operação, outras 20 pessoas foram detidas. Desse modo, também estão sendo investigadas pelos crimes de falsidade ideológica, organização criminosa, estelionato, inserção de dados falsos em sistemas de informações, dentre outros. Dessa maneira, se condenados, os suspeitos poderão pegar a pena máxima de 30 anos de prisão, segundo a lei brasileira.

José Fernando Pinto é apontado pelas investigações como um dos chefes do esquema criminoso. Posteriormente, por meio de nota, a Polícia Federal afirmou que, José Fernando, “não só tinha conhecimento, mas também participava dos crimes em investigação”.

Deixe uma resposta