Cidadania

Prisões de inocentes devem diminuir no Rio de Janeiro

Suellen Christine Sales da Silva
Escrito por Suellen Christine Sales da Silva em 17 de novembro de 2020
Prisões de inocentes devem diminuir no Rio de Janeiro

As prisões de inocentes devem diminuir no RJ, devido a recomendação de não usar apenas o reconhecimento fotográfico como única prova. Isto porque a Secretaria de Polícia Civil orientou aos delegados que provas técnicas sejam produzidas.

Segundo o secretário Allan Turnowski, a indicação dada é a de que provas técnicas, como a localização do suposto autor ou autores de crime, na hora em que o respectivo delito ocorreu, sejam produzidas e juntadas aos autos sempre que isso for possível. Turnowski quer ainda que álibis apresentados pelos investigados sejam checados para evitar possíveis prisões de inocentes.

O reconhecimento por foto é importante no início da investigação, mas sempre que possível, tem de ser respaldado por outras provas. Já é uma orientação tentar juntar outras provas. Saber se ele (suspeito) estava realmente naquela localidade. Existe tecnologia para isso. Tentar trazer a vítima para um reconhecimento formal, presencial com outras pessoas parecidas, e especialmente (produzir) provas técnicas. Pode ser uma localização, por exemplo . Tem de checar o álibi (do suspeito)“, afirma Turnowski.

Somente entre julho e setembro, dois jovens foram presos e inocentados, posteriormente, após serem reconhecidos por vítimas de assaltos por meio de fotografias, em Niterói.

A gente não pode arriscar em botar um inocente preso. O que não pode é não fazer nada para que este erro não aconteça de novo. Então, a orientação é que esta prova do reconhecimento fotográfico seja ratificada por outros meios de prova“, completa Turnowski.

Ademais, o secretário Allan Turnowski fez alterações na pontuação das atividades policiais. Estas, são responsáveis pelo ranqueamento trimestral de delegacias distritais e especializadas.

A principal modificação foi a inclusão da elucidação de delitos de milícia e de feminicídio. Para isso, as delegacias foram divididas em grupos, por número mensal de registros de ocorrências. A escala de pontos é válida para todas as delegacias do estado.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem Somos

“Nosso foco é informar com senso crítico tudo o que existe de mais importante na área da segurança, saúde, emprego e do ir e vir do cidadão brasileiro.”