Cidadania

Radares fixos e móveis agora precisam ficar visíveis aos motoristas

Suellen Christine Sales da Silva
Escrito por Suellen Christine Sales da Silva em 3 de novembro de 2020
Radares fixos e móveis agora precisam ficar visíveis aos motoristas

Os radares fixos e móveis deverão estar o mais visível possível e os guardas, que realizam a operação dos chamados radares móveis, não poderão mais ficar escondidos dos motoristas. Isto porque, desde domingo (1) entrou em vigor as regras e critérios para a instalação de radares fixos e móveis nas estradas.

De acordo com o Conselho Nacional de Trânsito (Contran), órgão vinculado ao Ministério da Infraestrutura, as medidas pretendem privilegiar o caráter educativo, em vez do meramente punitivo, em fiscalizações ostensivas no trânsito.

Segundo o presidente do Contran e diretor-geral do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Frederico Carneiro, “o propósito das mudanças é fazer com que o condutor seja alertado do limite de velocidade da via, perceba os riscos, reduza a velocidade do veículo e, com isso, reduza as chances de sofrer acidentes“. Para Carneiro, a fiscalização correta evita as violações de normas de trânsito.

Além disso, a norma também determina que os locais em que houver fiscalização de excesso de velocidade por meio de medidores do tipo fixo sejam precedidos de sinalização. De forma a garantir a segurança viária e informar, aos condutores, a velocidade máxima permitida para o local.

Por outro lado, há mudanças implementadas que proíbem o uso de equipamentos sem dispositivo registrador de imagem; a restrição do uso do radar do tipo fixo redutor em trechos críticos e de vulnerabilidade de usuários da via, especialmente, pedestres, ciclistas e veículos não motorizados; e a publicação da relação dos trechos e locais aptos a serem fiscalizados nos sites da autoridade de trânsito com circunscrição sobre a via.

A saber, a resolução nº 798 foi publicada em setembro pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e apresenta regras e critérios técnicos para instalação e uso de radares fixos ou portáteis, de forma a evitar que sejam instalados em locais pouco visíveis.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem Somos

“Nosso foco é informar com senso crítico tudo o que existe de mais importante na área da segurança, saúde, emprego e do ir e vir do cidadão brasileiro.”