Cidadania

Reabertura do comércio no RJ já acumula 58 multas

Suellen Christine Sales da Silva
Escrito por Suellen Christine Sales da Silva em 29 de junho de 2020
Reabertura do comércio no RJ já acumula 58 multas

A reabertura do comércio no RJ ocorreu no último sábado (27). Essa medida foi anunciada na última sexta-feira (26) e inclui salões de cabeleireiros e barbearias. Ambos estão autorizados a funcionar exclusivamente de 11h às 17h. Apenas no sábado, a vigilância sanitária inspecionou 78 estabelecimentos e aplicou 58 multas por descumprimento das regras.

A reabertura do comércio no RJ foi antecipada porque, segundo o prefeito Marcelo Crivella, “as curvas” relativas ao coronavírus caíram. “Dia 25 de junho, na cidade do Rio, nós tivemos 164 sepultamentos. No mesmo dia no ano passado tivemos 200. Ontem, teve 36 sepultamentos a mais do que no dia 25 de junho de 2019, o que mostra realmente que as curvas estão caindo“, disse o prefeito. Entretanto, a reabertura do comércio estava prevista para ser incluída na terceira fase de reabertura, que aconteceria no dia 2 de julho. Para o dia 2, está mantida a volta das academias de ginástica, bares e restaurantes, com restrições.

Segundo Crivella, a reabertura do comércio e salões foi aprovada na manhã de sexta-feira (26) pelo conselho científico da prefeitura. Assim sendo, as lojas que reabriram precisam seguir regras para o funcionamento, como oferecer álcool em gel para os clientes, manter o ambiente aberto e ventilado, além de controlar o acesso ao estabelecimento ao máximo de um terço da capacidade

Reabertura do comércio no RJ gera alívio para comerciantes

Na região de comércio popular da Sociedade de Amigos das Adjacências da Rua da Alfândega (Saara), no centro do Rio, cerca de metade das lojas reabriram no sábado e hoje (29). Essa proporção deve aumentar, chegando à totalidade de 800 lojas. Segundo o presidente da Saara, Eduardo Blumberg, a sensação entre os comerciantes é de alívio. “Estamos nos sentindo aliviados, porque esse tempo todo fechado foi só acúmulo de dívida“, disse o presidente. De acordo com o Blumberg, a Saara gera entre 5 mil e 6 mil empregos e os comerciantes estão seguindo todas as recomendações sanitárias da prefeitura para reabrir.

Ademais, no sábado (27), as multas aplicadas aos estabelecimentos foram quatro pelo não uso de máscaras por parte dos funcionários; nove por consumo no local; dez por aglomeração na porta; 11 por falta de limpeza e ausência de insumos de higiene; e 24 por falta de licença sanitária.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem Somos

“Nosso foco é informar com senso crítico tudo o que existe de mais importante na área da segurança, saúde, emprego e do ir e vir do cidadão brasileiro.”