Reservas em hotéis no RJ para o carnaval já alcançam 78,4%

As reservas em hotéis no RJ para o carnaval já alcançam 78,4%, entre os dias 22 e 26 de fevereiro de 2020. Isso é o que aponta o Sindicato dos Meios de Hospedagens do Município do Rio de Janeiro (Hotéis Rio) que divulgou a 4ª Prévia Pesquisa de Ocupação Hoteleira para o período de Carnaval na cidade do Rio de Janeiro.

De acordo com a Hotéis Rio, os hóspedes nacionais representam 78,4% do público, com SP e RJ na liderança, logo seguidos por Minas Gerais. Já os hóspedes estrangeiros representam os outros 22% do público restante.

Nós estamos muito otimistas. No ano passado nós já tivemos um carnaval melhor e estamos em um crescente, evoluindo. É uma evolução pequena, mas solida“, comentou o presidente do sindicato, Alfredo Lopes, para o site G1.

Um dos motivos que fizeram o número de reservas aumentar, na opinião do presidente do sindicato, foi o fato da Prefeitura do Rio ter prolongado o período oficial do carnaval da cidade. Esse foi o primeiro ano em que a folia foi inaugurada 12 dias após o réveillon.

Para Lopes, outro fator importante foi o aumento da sensação de segurança do município.

“Os índices de violência estão muito abaixo, mas também é preciso melhorar a percepção, o que também aconteceu. Tanto as atitudes do estado como do município, com policiais trabalhando nos dias de folga, novas viaturas compradas pelo pessoal da intervenção, tudo isso aumenta a sensação de segurança. Existe uma presença visual e efetiva da polícia e isso aumenta a sensação de segurança“, comentou Lopes.

Reservas em hotéis no RJ para o carnaval: festa para todos os gostos

Carnaval combina com festa de rua e o Rio de Janeiro não deixa de investir nesse ponto. Entre os blocos, há todos os tipos de música: samba-enredo, marchinhas, fanfarras e até um espaço para o rock e funk. 

Nos blocos tradicionais, chamados superblocos, os mais populares são: Cordão do Bola Preta, Liga da Justiça e Chora me Liga. 

Já para quem prefere fugir das multidões, uma opção são blocos menores, frequentemente concentrados nas praças do centro do Rio de Janeiro, que reúnem menos de 500 mil pessoas e também prometem muita diversão. 

Outra opção de festa durante o carnaval são os tradicionais desfiles no sambódromo. Com atrações nos quatro dias, o local recebe turistas que buscam os grupos de acesso e especial das escolas de samba. 

Deixe uma resposta