Cidadania

Tecnologia permite converter água do mar em água potável

Nariene da Silva Xavier
Escrito por Nariene da Silva Xavier em 21 de agosto de 2020
Tecnologia permite converter água do mar em água potável

Uma nova tecnologia permite converter água do mar em água potável em apenas 30 minutos com uso de energia solar. Este avanço pode fornecer água potável a milhões de pessoas em todo o mundo usando energia de forma mais eficiente do que as práticas atuais de dessalinização, segundo um comunicado da Universidade Monash, com sede em Melbourne, Austrália.

O filtro requer apenas luz solar direta para purificar a água. Durante o processo, o dispositivo, batizado de PSP-MIL-53, atrai e retém moléculas dos sais da água. Em seguida, é colocado sob a luz do sol para regenerar o sal, por quatro minutos, e novamente retornar à água para mais uma vez reter mais moléculas de sal.

A tecnologia pode gerar centenas de litros de água potável por dia e requer apenas luz solar direta para purificar. Além disso, tornará o processo energeticamente eficiente, de baixo custo e sustentável. Com o processo foi possível filtrar partículas nocivas da água e gerar 139,5 litros de água limpa por dia com o processo.

“Como os processos de dessalinização são confiáveis, a água tratada pode ser integrada aos sistemas aquáticos com riscos mínimos para a saúde”, conta o professor Wang, do Departamento de Engenharia Química da Monash University, ao site Portal veg.

O professor disse também que há um longo caminho a percorrer para torná-lo acessível à população. Já sobre o custo desse novo aparelho, Wang disse que o custo de produção deve diminuir quando o produto for fabricado em larga escala.

Água do mar em água potável: processo de dessalinização

A dessalinização é um processo físico-químico que retira o excesso de sais minerais, micro-organismos e outras partículas sólidas presentes na água salgada e na água salobra, com a finalidade de obter água potável para consumo.

A dessalinização já é realizada por meio de dois métodos convencionais: a destilação térmica ou a osmose reversa. A destilação térmica procura imitar o ciclo natural da chuva. Já a osmose reversa procura fazer o processo contrário ao fenômeno natural da osmose.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem Somos

“Nosso foco é informar com senso crítico tudo o que existe de mais importante na área da segurança, saúde, emprego e do ir e vir do cidadão brasileiro.”