Cidadania

Vacina covid-19: 11% da população não pretende se vacinar

Nariene da Silva Xavier
Escrito por Nariene da Silva Xavier em 27 de novembro de 2020
Vacina covid-19: 11% da população não pretende se vacinar

Nove em cada dez brasileiros adultos (89%) declararam que pretendem se vacinar quando a vacina Covid-19 estiver disponível. Enquanto uma parcela de 11% não pretende se vacinar e 3% não sabem.

Entre os que utilizam máscara só as vezes, 18% não pretende tomar a vacina. Já entre os brasileiros que vivem normalmente, sem nenhum tipo de isolamento, 25% não têm a intenção de se vacinar contra o coronavírus. Esse índice também fica acima da média entre os que declaram não ter medo da contaminação, 20%.

Entre os que não aprovam a vacina, 11% não pretendem tomá-la, pois não confiam na eficácia da vacina, na forma que será produzida e desconfiam do vírus, entre os que apoiam o presidente esse índice chega a 13%.

Um quarto (25%) avalia que a vacina contra a Covid-19 estará disponível aos brasileiros ainda neste ano. Por outro lado, 46% avaliam que estará disponível no primeiro semestre de 2021, e 22%, no fim de 2021. Uma fração de 5% não sabe quando estará disponível uma vacina.

Antes de serem aplicadas em massa na população, as vacinas ainda precisarão ser aprovadas por agências regulatórias em todo o mundo, como a Anvisa no Brasil. A Anvisa já afirmou que só aprovará uma vacina quando for segura.

Vacina covid-19 será obrigatória?

As decisões sobre a obrigatoriedade da vacina ficam a cargo do governo federal. No caso da covid-19, uma lei emergencial sobre a pandemia (lei 13.979 de 2020), sugerida pelo próprio presidente Jair Bolsonaro, aponta algumas ações de saúde pública que as autoridades podem tornar obrigatórias para os cidadãos, que inclui obrigá-los a tomar uma possível vacina.

As atuais obrigatoriedades de vacinação no Brasil são referentes às crianças. Para adultos, quem não tem a carteira de vacinação com as vacinas obrigatórias perde possibilidades como a permissão de exercer cargos públicos

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem Somos

“Nosso foco é informar com senso crítico tudo o que existe de mais importante na área da segurança, saúde, emprego e do ir e vir do cidadão brasileiro.”