Paralisação de 24h é anunciada por professores do estado e município

A informação da paralisação de 24h da classe de professores do estado e município é para a próxima quinta (25). Essa notícia foi anunciada pelo Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ (SEPE/RJ) em um boletim. O motivo da paralisação é a proposta da Reforma da Previdência. Visto que as novas regras que devem atingir as aposentadorias dos servidores públicos.

De acordo com o sindicato, o texto põe fim no atual regime especial do magistério. Isso porque o projeto que tramita no Congresso eleva o tempo mínimo de contribuição da categoria. Para as mulheres que tem 50 anos de idade, o tempo de contribuição é de 25 anos. Cabe ressaltar, que elas representam 80% dos professores. Já os homens precisam ter no mínimo 55 anos de idade e 30 de contribuição.

Na própria quinta-feira (25) de paralisação a categoria se reúne em uma assembleia marcada para às 16h na Praça XV, no Centro do Rio. Ao jornal Extra, o coordenador geral do SEPE/RJ, Gustavo Miranda, informou os demais municípios que vão aderir a paralisação. São eles: Volta Redonda, Cabo Frio, Tanguá, Niterói, Mesquita, Cachoeira de Macacu, Itaboraí, Mendes, Nova Iguaçu, Nova Friburgo e Miguel Pereira. “Queremos que a proposta seja retirada da pauta do Congresso e seja discutida com a sociedade, porque ela vai afetar toda a classe trabalhadora, sobretudo os mais pobres”, disse Miranda.

Deixe uma resposta