Saúde

OMS lança nova diretriz para combater o sedentarismo

Karen de Souza Venancio
Escrito por Karen de Souza Venancio em 2 de dezembro de 2020
OMS lança nova diretriz para combater o sedentarismo

A Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou no último dia 25, novas diretrizes sobre atividade física e comportamento sedentário. Segundo a OMS, aumentar os minutos de atividade física moderada ao longo da semana pode combater o risco de morte precoce associado ao sedentarismo. A pesquisa foi publicada no “British Journal Of Sports Medicine”.

A última diretriz da organização, de 2010, recomendava pelo menos 150 minutos de atividade física moderada ou 75 minutos de exercícios intensos por semana. No entanto, a atual orientação sugere que os adultos aumentem o tempo de atividade física semanal para 300 minutos ou façam 150 minutos de atividade física intensa por semana, quando não houver contraindicação.

De acordo com o estudo, algumas estimativas globais mais recentes mostram que um em cada quatro adultos e 81% dos adolescentes não praticam exercícios físicos o suficiente. A pesquisa, que envolveu mais de 44 mil pessoas de quatro países e 40 cientistas de todo o mundo, revelou que a alta taxa de sedentarismo está relacionada a um risco significativo de morte. Isto, particularmente entre as pessoas fisicamente inativas.

Sendo assim, a OMS explica que a atividade física traz muitos benefícios para a saúde e reduz riscos de mortalidade por doença cardiovascular, hipertensão e diabetes tipo 2.  Além de ser importante para a saúde mental, saúde cognitiva e sono. Nesse sentido, saiba quais as novas diretrizes estabelecidas pela OMS.

Principais recomendações por grupos:

  • Crianças e adolescentes (com idade entre 5 e 17 anos)

O ideal para crianças e adolescentes é realizar em média 60 minutos de atividade física com intensidade moderada a alta todos os dias. Desse modo, os exercícios aeróbicos de alta intensidade podem ser feitos pelo menos três dias por semana.

  • Adultos (com idade entre 18 e 64)

Já os adultos devem fazer atividade física de intensidade moderada de 150 a 300 minutos ou de intensidade alta de 75 a 150 minutos. Além disso, a OMS diz que também devem ser realizados exercícios de fortalecimento muscular em dois ou mais dias da semana.

  • Idosos (65 ou mais)

Ao contrário do pensamento de muitos, os idosos devem se exercitar tanto quanto os adultos, para prevenir quedas e lesões relacionadas a fraqueza da saúde óssea. Para as pessoas da terceira idade, é fundamental a prática de atividades que priorizem o equilíbrio três vezes ou mais por semana. O nível de intensidade deve ser recomendado por um especialista.

  • Gestantes e puérperas

Por fim, é recomendado que gestantes e puérperas façam 150 minutos de atividade aeróbica com intensidade moderada todos os dias da semana. A prática de atividades durante a gravidez e no período pós-parto trazem benefícios como: redução do risco de pré-eclâmpsia, hipertensão gestacional, diabetes gestacional, complicações no parto, depressão pós-parto. Ademais, se movimentar também é recomendado para aliviar desconfortos causados pelas mudanças no organismo. A orientação médica é essencial.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem Somos

“Nosso foco é informar com senso crítico tudo o que existe de mais importante na área da segurança, saúde, emprego e do ir e vir do cidadão brasileiro.”