Saúde

Brasil registra queda na vacinação infantil

Karen de Souza Venancio
Escrito por Karen de Souza Venancio em 16 de setembro de 2020
Brasil registra queda na vacinação infantil

Pela primeira  vez, o país não atingiu a meta para nenhuma das principais vacinas indicadas para crianças de até 1 ano. Em geral, a meta de vacinação infantil costuma variar entre 90% para vacinas de tuberculose e rotavírus e 95% para as demais. Diferente desse número, existe um grande risco de retorno das doenças já eliminadas. Os dados são do Programa Nacional de Imunização de 2019. Estes, analisados pelo jornal Folha de S.Paulo.

A baixa cobertura da vacinação infantil começou a ser registrada em 2015. Em 2017 a situação se agravou quando apenas uma vacina atingiu a meta indicada e as outras caíram. Apesar do contexto ainda ser preocupante, algumas vacinas tiveram leve recuperação no ano seguinte. O que fez o Ministério da Saúde considerar uma possível mudança de cenário. Porém, a baixa se manteve em 2019.

Em 2019, os dados apontam que mais da metade das vacinas indicadas para o grupo de até um ano de idade tiveram queda de adesão. Este ano, é previsto que a situação se agrave devido a pandemia por Covid-19. Tal ocorrência pode ter feito com que as famílias deixassem de ir aos postos de saúde. Com isso, o Ministério da Saúde tentará reverter esse quadro. Para outubro, o órgão já planeja uma campanha de multi vacinação no esforço de retomar os índices. 

Motivos que podem ter levado a queda da vacinação infantil:

  • a falsa sensação de de segurança causada pela diminuição ou ausência de doenças imunopreveníveis;
  • o desconhecimento da importância da vacinação por parte da população mais jovem;
  • as falsas notícias veiculadas especialmente nas redes sociais sobre o malefício que as vacinas podem provocar à saúde.

A pasta enfatiza que a vacinação seguirá normalmente mesmo com a pandemia. “Respeitando as diretrizes e orientações de segurança para evitar o risco de transmissão da Covid-19”, afirma o Ministério da Saúde.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem Somos

“Nosso foco é informar com senso crítico tudo o que existe de mais importante na área da segurança, saúde, emprego e do ir e vir do cidadão brasileiro.”