Saúde

Vacinas contra a covid-19 são aplicadas vazias em idosos, entenda

Suellen Christine Sales da Silva
Escrito por Suellen Christine Sales da Silva em 16 de fevereiro de 2021
Vacinas contra a covid-19 são aplicadas vazias em idosos, entenda

Algumas vacinas contra a covid-19 foram aplicadas vazias em idosos no Brasil. Quem identificou e registrou os casos foram registrados por familiares e acompanhantes. E como consequência, todos os servidores públicos envolvidos serão investigados e as denúncias serão usadas como exemplos para que as cenas não se repitam mais durante a vacinação contra a covid-19.

A aplicação das vacinas contra a covid-19 é um processo simples e rápido. A pessoa que recebe a dose precisa oferecer um dos braços, e o profissional injeta o imunizante. 

Mas não foi isso que o aconteceu com uma idosa, de 88 anos, em Goiânia. A agulha é espetada, mas o imunizante não foi aplicado. A cena foi registrada pela filha da idosa, que alertou a enfermeira. Em seguida, a vacina contra a covid-19 foi aplicada corretamente.

Em Maceió, uma idosa de 97 anos passou pela mesma situação. Depois da denúncia, ela acabou vacinada. Em Manaus, o erro foi outro. A seringa estava vazia, fato percebido pelo acompanhante da idosa. Já em Niterói, na região metropolitana do Rio, um idoso chegou a ser furado com a agulha, mas não recebeu a dose da vacina.

Assim sendo, a enfermeira e diretora da Sociedade Brasileira de Imunizações, Mayra Moura, orienta os familiares e acompanhantes para diminuir os riscos de erro na vacinação. “Junto com o paciente, você verifica: ‘olha, está sendo administrada a vacina contra a covid-19, do laboratório x, com a validade y’. Isso é importantíssimo. Está no frasco da vacina. Antes de preparar a vacina, mostra para a pessoa. Como, por exemplo, em uma coleta de sangue. O profissional sempre mostra pra gente. ‘Olha eu estou usando uma seringa descartável. Uma agulha descartável. Estou abrindo aqui o material’. É a mesma coisa“, explica.

Ademais, caso a irregularidade seja confirmada, o profissional responsável pode responder por peculato, 12 anos de prisão

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem Somos

“Nosso foco é informar com senso crítico tudo o que existe de mais importante na área da segurança, saúde, emprego e do ir e vir do cidadão brasileiro.”