Tecnologia

Apple e Google lançam tecnologia de rastreamento de contato

Nariene da Silva Xavier
Escrito por Nariene da Silva Xavier em 21 de maio de 2020
Apple e Google lançam tecnologia de rastreamento de contato

A empresa Apple em conjunto com o Google  lançaram no último dia 20 a primeira versão da tecnologia de rastreamento de contatos para agências de saúde em todo o mundo. Até o momento, 22 países em 5 continentes, já solicitaram acesso à API (Interface de Programação) que servirá de base para que autoridades de saúde pública criarem os próprios aplicativos para monitorar contatos entre pessoas doentes e o restante da população.

O sistema usa Bluetooth para trocar “chaves” entre o smartphone de um usuário e outros aparelhos nas proximidades. Por exemplo, se uma pessoa descobrir que está doente, pode informar ao app, que irá usar a API desenvolvida pela Apple e Google para avisar outros usuários com quem ela teve contato que estão em risco. Essa medida não compromete a privacidade dos usuários, ou seja, sem identificar quem é o doente ou onde o contato ocorreu.

A Apple adicionará a nova API ao iOS 13.5, que foi lançado no último dia 20. Já o Google, estreia o recurso em uma atualização do Google Play Services, que estará disponível em breve para usuários com Android 6 ou superior.

Apple e Google: governo elogia API

As autoridades de saúde devem concordar em usar a API apenas para o rastreamento de contatos do Coronavírus. Os aplicativos não poderão pedir acesso aos dados de localização, e não poderão acessar informações dos usuários para exibir propaganda.

Nos EUA, estados como Alabama, Dakota do Norte e Carolina do Sul pretendem usar o sistema para desenvolver apps. Cabe ressaltar, o governo elogiou o sistema. Já outros países, ficaram frustrados com as regras definidas pela Apple e pelo Google.

Já que a covid-19 pode ser transmitida pela proximidade física dos indivíduos afetados, autoridades de saúde identificaram o rastreamento de contato como uma ferramenta valiosa para conter o contágio“, diz o comunicado conjunto das empresas, ao site UOL.

A Inglaterra já afirmou que não pretende usá-lo, e a Austrália desenvolveu sua própria solução.

Como vai funcionar

Duas pessoas se encontram e conversam. Enquanto isso, os celulares trocam por Bluetooth chaves anônimas de identificação. Dias depois, uma das pessoas é diagnosticada com coronavírus. A mesma, abre o aplicativo da autoridade de saúde do país e relata que teve a doença confirmada.

Com a autorização da pessoa, o celular faz o upload na nuvem das chaves com as quais ele teve contato. Outra pessoa envolvida na conversa segue a vida, enquanto o celular checa periodicamente chaves de todas pessoas que testaram positivo na região.

O aparelho identifica uma chave que essa pessoa teve contato, envia uma notificação e informa quais os cuidados que devem ser tomados dali em diante.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Replies to “Apple e Google lançam tecnologia de rastreamento de contato”

Earnestine

Saw you mentioned on Royal CBD, just wanted to drop a comment and say keep up the good work! 🙂

Lucas Mendonça

Olá, ficamos felizes em saber que gostou do nosso trabalho. Agradecemos sua interação e não deixe de conferir nossos demais conteúdos.

Forte abraço e até as próximas pautas! 😁

Quem Somos

“Nosso foco é informar com senso crítico tudo o que existe de mais importante na área da segurança, saúde, emprego e do ir e vir do cidadão brasileiro.”