CNH digital: Detran tem até junho para se adequar

Os motoristas de todo o Brasil poderão baixar sua CNH digital(Carteira Nacional de Habilitação) e o CRLV digital (Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo) em cerca de duas horas. A partir do aplicativo Carteira Digital de Trânsito, será possível retirar a segunda via ou renovação dos documentos sem esperar por suas versões impressas.

A versão passou a valer no último dia 1º de janeiro, conforme prevê o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) nº180/19, que estabelece a opção eletrônica. A deliberação determinou um prazo até o dia 30 de junho de 2020 para os Departamentos de Trânsito dos Estados e Distrito Federal (Detran) se adequarem ao novo formato do documento.

Entretanto, para sair do país com o veículo, o condutor precisará, obrigatoriamente, imprimir o documento.

Da mesma forma que acontece com o documento físico, o condutor só terá acesso ao CRLV-e após quitar multas, tributos e encargos relacionados ao veículo.

CNH digital e CRLV: Como irá funcionar o aplicativo

Para acessar o CRLV-e o condutor precisará baixar o aplicativo Carteira Nacional de Trânsito em seu smartphone, com o número do Renavam e do código de segurança impresso no Certificado de Registro do Veículo. O motorista terá acesso à via digital da documentação, desde que o Detran do estado libere o acesso.

Ficou decidido também pelo Contran que o motorista poderá, opcionalmente, utilizar uma via impressa do CRLV-e, a qual terá a mesma validade do documento digital.

Deixe uma resposta