Tecnologia

Cresce o uso dos assistentes de voz na pandemia

Karen de Souza Venancio
Escrito por Karen de Souza Venancio em 21 de outubro de 2020
Cresce o uso dos assistentes de voz na pandemia

Uma pesquisa realizada pela consultoria Ilumeo mostrou que o uso dos assistentes de voz cresceram 47% durante a pandemia do novo coronavírus. O estudo apontou que mais da metade dos entrevistados (54%) veem mais valor agregado em produtos ou serviços que permitam a interação por voz.

O levantamento da empresa de data science foi produzido entre os meses de março e julho através de questionário online. Ao todo foram 1.100 pessoas entrevistadas em todo o Brasil e, de acordo com a Ilumeo, a pesquisa considerou o uso da tecnologia, tanto no celular quanto em outros meios eletrônicos. 

Vale destacar que já existem diversos assistentes de voz com funcionamento em português, como Alexa, da Amazon, Google Assistente, do Google, Siri, da Apple e Bixby, da Samsung.

Além de indicar o aumento do uso de assistentes virtuais durante a pandemia, a pesquisa identificou quais são os tipos de recursos que os brasileiros mais consultam usando a fala. Dessa forma, 87% dos participantes afirmam usar a voz para fazer pesquisas nos diversos aparelhos e, 82% buscam o recurso para tirar dúvidas. 

O serviço também é usado para realizar atividades mais avançadas, como operações bancárias (18%) e converter fala em texto (52%). Além disso, a tecnologia é comumente utilizada na rotina dentro de casa, já que os aplicativos permitem integração com as plataformas da Apple, Google, entre outras.

Outro número que chama a atenção envolve a naturalização da ferramenta. Segundo o relatório, para 63% dos participantes, ver alguém falando com um dispositivo já não é mais algo estranho. Por fim, dentre as barreiras para a não adesão dos assistentes virtuais, no entanto, está a preocupação dos usuários com a privacidade e eventuais vazamentos de informações (22%), problemas com a própria inteligência artificial (33%) e com o elevado preço dos produtos (43%).

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem Somos

“Nosso foco é informar com senso crítico tudo o que existe de mais importante na área da segurança, saúde, emprego e do ir e vir do cidadão brasileiro.”