Tecnologia

Nova tecnologia é usada para tratar câncer do pâncreas

Nariene da Silva Xavier
Escrito por Nariene da Silva Xavier em 20 de março de 2021
Nova tecnologia é usada para tratar câncer do pâncreas

Uma nova tecnologia é usada para tratar câncer do pâncreas no Brasil. A ferramenta consiste em equipamento que usa correntes elétricas na cirurgia para tratar alguns tipos de câncer, como o de pâncreas, e dá esperança aos pacientes. A tecnologia chamada de “nano-knife”, que já existe há dez anos em outros países como Estados Unidos, França e Alemanha, foi utilizada pela primeira vez em uma cirurgia no Brasil, que durou aproximadamente oito horas.

Através de agulhas os médicos executam a técnica chamada “eletroporação irreversível” – os eletrodos são posicionados paralelos ao tumor e, quando a tensão é aplicada, ondas de alta voltagem e baixo calor correm de um lado para o outro na célula cancerígena, criando nanoporos que ficam na membrana celular – como uma espécie de choque, que acaba eletrocutando o câncer e abre espaço para que ele possa ser retirado do organismo.

O câncer normalmente faz com que os pacientes demorem a sentir os primeiros sintomas e quando descobrem a doença, ela já está em um nível avançado. Apenas 20% dos casos são diagnosticados no início.

A primeira operada com essa tecnologia no país foi uma mulher de 55 anos, que descobriu o câncer de pâncreas – que estava no estágio 3 – há seis mesesa cirurgia foi realizada no hospital Vila Nova Star, da rede D’Or – São Paulo, e foi liderada pelo intervencionista oncológico Luiz Tenório Siqueira e pelo cirurgião Antônio Luiz de Vasconcellos. Médicos argentinos acompanharam o procedimento.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem Somos

“Nosso foco é informar com senso crítico tudo o que existe de mais importante na área da segurança, saúde, emprego e do ir e vir do cidadão brasileiro.”