Tecnologia

Pulseira Inteligente do Facebook deve permitir comando na interface

Suellen Christine Sales da Silva
Escrito por Suellen Christine Sales da Silva em 29 de março de 2021
Pulseira Inteligente do Facebook deve permitir comando na interface

A pulseira inteligente do Facebook poderá detectar sinais nervosos para interpretar gestos e movimentos complexos das mãos. Além disso, também poderá comandar a interface visualizada através dos óculos de realidade aumentada. A ferramenta foi anunciada na última quinta-feira (18) pelo Facebook.

A princípio, com a pulseira inteligente do Facebook, o usuário conseguirá navegar na internet apenas com um comando feitos pelas mãos. Isto é, aumentar a intensidade da luz ou o volume de um aparelho de som poderá ser feita por gestos.

Decidimos compartilhar abertamente essa pesquisa porque queremos ser transparentes para que as pessoas possam falar quais são suas preocupações com essas tecnologias“, disse Sean Keller, diretor de pesquisa em ciência do Facebook.

Com o uso em conjunto dos óculos de realidade aumentada, tudo poderá ser visualizado instantaneamente, sem a necessidade de outras telas, como computadores ou smartphones. Existe a possibilidade, inclusive, de fazer a digitação como em um teclado virtual. Qualquer superfície plana poderia virar um local para digitar textos.

O futuro da interação entre homem e computador exige uma interface excepcionalmente fácil de usar“, disse o Facebook, em comunicado.

O Facebook destaca ainda que a sensibilidade do dispositivo é alta e que pode compreender movimentos de apenas 1 milímetro nos dedos e até “sentir apenas a intenção de mover um dedo“.

O que estamos tentando fazer com as interfaces neurais [pulseira] é permitir que você controle a máquina diretamente, usando a saída do sistema nervoso periférico – especificamente os nervos fora do cérebro que animam os músculos das mãos e dos dedos”, afirmou Thomas Reardon, diretor de interfaces neuromotoras do Facebook.

Ademais, o dispositivo está em fase de testes e há um longo caminho para se tornar realidade. Estima-se que em até 10 anos a pulseira inteligente e os óculos de realidade aumentada façam parte do dia-a-dia das pessoas.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem Somos

“Nosso foco é informar com senso crítico tudo o que existe de mais importante na área da segurança, saúde, emprego e do ir e vir do cidadão brasileiro.”